pfizer-astrazeneca

Ensaio clínico testa possível junção de vacinas da Pfizer e Astrazeneca

A Grã-Bretanha começou um ensaio para avaliar as respostas imunitárias geradas se as doses das vacinas Covid-19 da Pfizer Inc e da Astrazeneca Plc forem combinadas num calendário de toma de duas doses.

Os investigadores britânicos por trás do ensaio disseram que dados sobre a vacinação de pessoas com os dois tipos diferentes de vacinas coronavírus poderiam ajudar a entender se as vacinas podem ser implementadas com maior flexibilidade em todo o mundo, segundo informações divulgadas pela agência noticiosa Reuters.

Espera-se que os dados iniciais sobre as respostas imunes sejam divulgados por volta de junho.

O ensaio irá examinar as respostas imunológicas de uma dose inicial da vacina da Pfizer seguida por um reforço de Astrazeneca, bem como vice-versa, com intervalos de 4 e 12 semanas.

Tanto a injeção de mRNA desenvolvida pela Pfizer e Biontech quanto a vacina do vetor adenoviral formulada pela Universidade de Oxford e pela Astrazeneca estão a ser atualmente implementadas no Reino Unido, com um intervalo de 12 semanas entre as duas doses da mesma vacina

Espera-se que mais vacinas sejam adicionadas ao ensaio quando forem aprovadas e implementadas.

in noticiasaominuto.com

Notícias Relacionadas

Vacinação Covid-19

Foram até agora administradas 837.887 vacinas contra a covid-19 em Portugal

Há quatro meses que Portugal não registava um numero tão baixo de mortos por covid-19. Nas últimas 24 horas...

Hospital Madeira

Doentes Continentais Recuperados de Covid19 na Madeira Deixam Mensagem de Agradecimento

A situação clínica foi sempre muito delicada e infelizmente no dia 9 de fevereiro, um dos três...

Seguros de saúde

Seguros de saúde continuam a crescer. Prémios aumentaram 8,2% em 2020

A contratação de seguros de saúde em Portugal tem registado uma tendência de crescimento ao longo...